Concurso literário: as profissões

Desde há algum tempo faz-se uma feira quinhentista, na Aldeia Galega da Merceana, todos os anos.

Ela começou por ser simples. O cortejo e a área das comidas eram o mais importante. Mas não deixava de ser engraçado. Muitas pessoas deslocavam-se para lá.

A feira do ano passado já foi diferente. Tinha animação diversa, cortejo mais rico na sua indumentária, música, danças…

O que mais me atraiu foram as profissões lá representadas.

Ao subir a rua do lado direito a partir do pelourinho, encontrávamos o tanoeiro. Eu nunca tinha visto um, nem sabia muito bem de que profissão se tratava.

Dirigi-me a ele e perguntei-lhe que profissão era a sua e o que fazia. O artesão respondeu que fazia barris, pipas para levar vinho.

Bem, o vinho seria, com certeza, produzido em redor da Aldeia Galega. Aqui, temos muitas vinhas.

Esta profissão, a partir do século XII, tornou-se cada vez mais importante, pois ocupava muitos trabalhadores. Foi importante estar aqui representada.

Nas ruas, encontrávamos artesãos e alguns comerciantes de diversos produtos.

Artesãos de peles, fazendo inúmeros objetos. Desde malas, cintos, carteiras existe uma grande variedade. Outros apostam em pulseiras, colares, brincos. No meu entender, um pouco fora do contexto quinhentista, mas a feira é uma diversão e mais do que a época é a diversão que conta.

Alguns comerciantes vêm de longe. Trazem especiarias e doces. As especiarias são coloridas e o seu cheiro espalha-se pela rua. Encontramos também vários frutos secos.

Numa rua estavam aves de rapina. Muita gente observava-as. Dessas, a que mais gostei foi o falcão.

Estas aves são criadas e treinadas por um falcoeiro. Já reis e membros poderosos da nobreza praticavam esta “arte”.

Foram os muçulmanos que trouxeram esta “arte” para o nosso território. Foi no tempo da ocupação muçulmana.

 

João Miguel Minakou Cherchyk   Idade: 14

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tanoaria

https://pt.wikipedia.org/wiki/Falcoaria

https://pt.wikipedia.org/wiki/Al-Andalus

 

 

Please follow and like us:
error